Técnicos da UFFS protestam contra o valor da refeição no Restaurante Universitário

20160304_121557

Na sexta-feira (4), servidores técnico-administrativos (TAEs) da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Chapecó protestaram, , em função do valor cobrado no Restaurante Universitário (RU): R$ 13,40. Chamado “MarmiTAES”, o protesto levou os trabalhadores para um dos blocos da instituição para um almoço coletivo com marmitas.

Tradicionalmente, as universidades federais têm RUs e, em geral, os valores são baixos (na UFSC, por exemplo, é de R$ 2,90 para servidores, conforme o site http://ru.ufsc.br/venda-de-passe/). Na UFPR, R$ 3,50, segundo publicado em http://www.pra.ufpr.br/portal/ru/precos/; e na UFSM, R$ 2,50 segundo o site http://w3.ufsm.br/ru/index.php/2014-08-29-13-51-11/produtos-e-servicos. Na UFFS, além do valor ser considerado incompatível com a refeição oferecida (a porção de carne é fracionada, por exemplo), o Campus Chapecó fica distante de outros restaurantes (na SC-484, perto do limite de Chapecó e Guatambu).

Conforme uma das coordenadoras do sindicato que representa a categoria (SINDTAE), Dariane Carlesso, a situação precisa ser revista pela administração da instituição. “Para uma instituição que se pretende ‘popular’, o valor do RU está exagerado”, avalia.

Fonte: 
Lilian Carla Simioni / SINDTAE
Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s