27/02 – ASSEMBLEIA GERAL DA SINDUFFS

assembleiageral (1)

A SINDUFFS convida a todos/as a participarem da Assembleia Geral que será realizada por videoconferência na quarta-feira, dia 27, às 17h, nos campi da UFFS. A Assembleia terá como pauta o 38º Congresso do ANDES-SN, realizado entre o dia 28 de janeiro a 2 de fevereiro em Belém (PA); a Reforma da Previdência; as eleições para reitoria da UFFS e o planejamento das atividades da SINDUFFS para 2019. Contamos com a presença de todos/as!

Quarta  27 de fevereiro – 17h
*Por videoconferência

Pauta:
38º Congresso do ANDES-SN
Eleição para Reitoria da UFFS
Reforma da Previdência Social
Planejamento das Atividades da SINDUFFS

Locais: 
Cerro Largo: Sala 233 – Bloco dos Professores
Chapecó: Sala 101 – Bloco dos Professores
Erechim: Sala 310 – Bloco A
Laranjeiras do Sul: Sala 201 – Bloco dos Professores
Passo Fundo: Sala 209 – Pavimento Superior
Realeza: Sala de Convivências – Bloco dos Professores

Anúncios

Deixe um comentário

by | 25/02/2019 · 14:04

Nota de Repúdio às ações da PM-GO na Ocupação Fidel Castro do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST)

Indi Filmmaking Lecture Series

Na noite de 21 de fevereiro de 2019, a Polícia Militar de Goiás invadiu a ocupação Fidel Castro, dirigida pelo MTST. Em ação arbitrária, sem qualquer mandato, a PM dirigiu ameaças e diversas agressões verbais contra distinto(a)s moradore(a)s da ocupação.

Após questionamentos de moradore(a)s sobre que mandato a PM-GO estava utilizando para justificar a sua ação e mesmo com a apresentação de documentos que comprovam que a ocupação conta com autorização da prefeitura do município, os policiais envolvidos permaneceram ameaçando moradore(a)s e lideranças do MTST, proferindo inclusive ameaças à integridade física do companheiro Rogério, coordenador local da ocupação.

O ANDES-SN entende que a luta do MTST é uma luta legítima frente ao enorme déficit habitacional que assola a classe trabalhadora nacionalmente. Da mesma forma, entendemos que lutar não é crime e, por isso, repudiamos veementemente toda e qualquer ação arbitrária de repressão e criminalização aos lutadores e às lutadoras sociais deste país.

Defendemos a integridade física e psicológica do(a)s militantes do MTST e repudiamos as ameaças dirigidas contra um trabalhador negro e pobre pela PM – instituição que deveria atuar para assegurar a segurança pública.

Lutar não é crime! Toda solidariedade ao companheiro Rogério e às lutas do MTST (notas de solidariedade podem ser enviadas para rogerio.ics@gmail.com)!

Brasília (DF), 22 de fevereiro de 2019.

Diretoria do ANDES – Sindicato Nacional

Deixe um comentário

by | 25/02/2019 · 13:59

ANDES-SN completa 38 anos de lutas e conquistas

O ANDES-SN completa 38 anos nesta terça-feira (19). A Associação Nacional dos Docentes de Ensino Superior foi fundada na cidade de Campinas (SP), em 19 de fevereiro de 1981.  O nascimento do ANDES-SN em 1981 – na forma inicial de associação nacional, pois a legislação vedava a organização de sindicatos de servidores públicos – se deu através da resistência travada dentro das universidades por docentes, estudantes e técnico-administrativos.

plenário do congresso do andes em janeiro de 1983_tratada

Plenária do 2º Congresso do ANDES-SN (1983)

Continuar a ler

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Assembleia da Classe Trabalhadora debaterá luta em defesa da Previdência

Um grande ato no centro da cidade de São Paulo, no dia 20 de fevereiro, irá reunir trabalhadores de diversas categorias de todo o país.  A atividade, intitulada Assembleia Nacional da Classe Trabalhadora, está sendo chamada pelas Centrais Sindicais para organizar a luta contra a reforma da Previdência.

A assembleia será realizada na Praça da Sé, a partir das 10 horas. A data também marcará o Dia Nacional de Luta em defesa da Previdência Pública e contra o fim da Aposentadoria. Além do ato na capital paulista, serão realizadas atividades nos estados, configurando a primeira grande mobilização unificada em 2019 contra os ataques do governo Bolsonaro.

Continuar a ler

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

13 DEZ | ASSEMBLEIA GERAL

assembleiageral

Assembleia Geral da SINDUFFS 

Quinta  13 de dezembro – 17h
*Por videoconferência

Pauta:
Informes
Eleição de delegados para o 38º Congresso do ANDES-SN
Diretrizes para 2019

Locais: 
Cerro Largo: Sala 233 – Bloco dos Professores
Chapecó: Sala 101 – Bloco dos Professores
Erechim: Sala 310 – Bloco A
Laranjeiras do Sul: Sala 201 – Bloco dos Professores
Passo Fundo: Sala 209 – Pavimento Superior
Realeza: Sala de Convivências – Bloco dos Professores

O Congresso do ANDES-SN ocorrerá entre os dias 28 de janeiro e 2 de fevereiro em Belém e tem como tema central “Por Democracia, Educação, Ciência, Tecnologia e Serviços Públicos: em defesa do trabalho e da carreira docente, pela revogação da EC/95”. Nossa Seção Sindical pode indicar 2 delegados. No link abaixo é possível conhecer mais detalhes do Congresso, em especial o caderno com os textos e proposições a serem debatidas.

http://portal.andes.org.br/secretaria/manual/eventos/2019/38congresso/index.html

Nesta assembleia propomos aprovar diretrizes para o planejamento do próximo ano, tendo em vista as ameaças que pairam sobre a universidade pública. Ataques à liberdade de expressão dos professores e ameaças de censura se somam à anunciada redução das verbas para a instituições federais de ensino. Mais do que nunca será necessário estarmos organizados e mobilizados para resistir. 

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

25 NOV | PEDRO MUNHOZ

WhatsApp Image 2018-11-16 at 13.07.12(1)

A SINDUFFS convida a todos/as para o lançamento de DVD e livro POEMAIS E OUTRAS CANÇÕES URGENTES de PEDRO MUNHOZ que se realizará no próximo domingo, dia 25, às 18 horas, no Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Chapecó e Região, na Rua Rui Barbosa, ao lado da Caixa Econômica Federal, no Centro de Chapecó.

Contribuição Espontânea: R$ 10,00

Mais informações: (49) 991.620.013 / 984.258.464

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Em todo o país, universidades são alvo de ações policiais e da Justiça Eleitoral

faxia_censurada_uff[1]Manifestações em defesa da democracia e contra o fascismo estão sendo interpretados como propaganda eleitoral negativa a candidato de ultradireita

Nas últimas 72 horas, universidades e sindicatos de docentes, em todo o país, sofreram com ações de policiais e da Justiça Eleitoral. Foram casos coação e perseguição por atividades em defesa da democracia. Até o momento, a reportagem apurou que, em todo Brasil, 18 instituições de ensino e ao menos três sindicatos de docentes foram censurados ou sofreram alguma coação pela Justiça Eleitoral.

Em sua maioria, as decisões judiciais sustentam que estariam coibindo supostas infrações à legislação eleitoral. Contudo, em todos os casos tratavam-se de manifestações em defesa da democracia e contra o fascismo, que estão sendo interpretados como propaganda eleitoral negativa a candidato de ultradireita. Há relatos de que debates e aulas sobre esses temas foram proibidos. Continuar a ler

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized